Assessoria de Imprensa FENACEF

Assessoria de Imprensa FENACEF

Jornalista Responsável pela Assessoria de Imprensa da FENACEF.

URL do site:

Durante reunião dessa manhã (17), o presidente Edgard Bastos também pediu mais informações sobre os desdobramentos da reunião do Conselho Deliberativo da FUNCEF, que ocorreu no dia 30 de maio, no qual o presidente do CD, ouvida a FENACEF, apresentaria pedido de nova análise sobre o fechamento das representações da Fundação nos Estados.

Segundo do diretor de Benefícios, Délvio Brito, o Conselho acatou o encaminhamento de novas alternativas ao fechamento, desde que com redução de 50% do custo das representações, estabelecendo um prazo de 60 dias para sua recepção.

Mais uma vez, Bastos ratificou a necessidade de haver uma solução alternativa, com redução de custos e que a DIBEN, que possui toda a estrutura e informações de funcionamento, custos e gestão precisa debruçar-se sobre a questão.

“É preciso entender que o ideal é não cortar nenhum tipo de atendimento e sim valoriza-los. O segmento de participantes aposentados precisa de cada vez mais atenção e simplesmente fechar as representações é abrir um dificultador a mais a eles. Uma futura transição aos canais de atendimento não presenciais, precisa ser organizada, planejada, feita de maneira gradativa, pois é fundamental aperfeiçoar o processo e não causar mais sofrimentos aos aposentados e pensionistas que dependem diretamente desses serviços, principalmente, os que o fazem presencialmente”, destacou.

O diretor de Benefícios da FUNCEF salientou sua preocupação com a questão e mostrou-se comprometido em buscar soluções, acatando as argumentações da FENACEF bem como as sugestões de solução que lhe foram apresentadas pela Federação. 

A FENACEF segue acompanhando e participando das discussões visando preservar o bom atendimento aos participantes da FUNCEF, principalmente os aposentados e pensionistas.

O diretor de Benefícios da FUNCEF, Délvio Joaquim Lopes de Brito, foi recebido na sede da FENACEF na manhã dessa segunda-feira (17), a convite do presidente da Federação, Edgard Antônio Bastos Lima, a vice-presidente, Maria Lúcia Cavalcante Dejavite, e o presidente do Conselho Deliberativo, Jesse Krieger, para tratar sobre a condição de aplicação da CNPC30, relativa ao elastecimento dos prazos de equacionamento.

“O nosso papel aqui na FENACEF é o de justamente levantar informações sobre os cenários e condições de mitigar os problemas, repassá-las de maneira transparente aos nossos associados e trabalhar em parceria na busca por soluções, minimizando os impactos sobre os aposentados e pensionistas”, destacou Edgard Bastos, logo no início da reunião.

O diretor da FUNCEF informou que a PREVIC, respondendo consulta da Fundação, orientou sobre a condição de enquadramento dos equacionamentos de 2014, 2015 e 2016 ao disposto na CNPC 30 e que a DIBEN – Diretoria de Beneficios da FUNCEF, já estabeleceu vários cenários de aplicação da medida e encaminhou à área jurídica da Fundação, buscando parecer que possa dar segurança legal à escolha do melhor deles, já com os estudos de solvência e conformidade em fase final.

Após esta fase, e até final de julho próximo, a questão vai a voto na Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo e daí à CAIXA.

O presidente Edgard Bastos enfatizou que a FUNCEF precisa melhorar e muito sua condição de comunicação com os participantes. Assuntos como esse, que dizem respeito à vida das pessoas, tudo que seja relacionado a resultados e à melhoria da condição dos participantes, precisam ser divulgados e informados, com rapidez e constância, tornando claro seu encaminhamento para que não nos sintamos abandonados pela Fundação.

FENACEF - Federação Nacional das Associações de Aposentados e Pensionistas da CEF | SCS QD. 01 Ed. Central • 7º andar - Salas 701 e 708 Brasília / DF - CEP 70.304-900 | Fone: (61) 3322-7061 - Fax: (61) 3225-1999 | Site desenvolvido por BR6